Empresários “otimistas” quanto à reabilitação urbana

Segundo o barómetro da AICCOPN, em janeiro, “e não obstante a quebra de 13,3%, em termos homólogos, no indicador relativo ao Nível de Atividade, os empresários encontram-se mais otimistas, uma vez que o indicador de Confiança regista um acréscimo de 17,2% face ao registado no final do 3.º trimestre de 2014”.

Quanto ao indicador relativo à Carteira de Encomendas, os dados da AICCOPN, baseados num inquérito realizado a empresas que atuam neste mercado, “continuam a assinalar variações positivas, verificando-se uma variação homóloga positiva de 29,1%, em janeiro”.

O barómetro refere ainda que, em 2014, foram emitidas pelas câmaras municipais 6.545 licenças de obras de reabilitação urbana, o que traduz um recuo de 3,9% face às 6.809 licenças emitidas em 2013.

Por tipo de edifício assiste-se a uma redução de 8,3%, de 3.436 para 3.151, das licenças de reabilitação de edifícios habitacionais e um aumento de 0,6%, de 3.373 para 3.394, nas licenças de reabilitação de edifícios não residenciai